como organizar guarda roupa

Como organizar guarda roupa: aprenda com estas 15 dicas

Roupas, sapatos, cama e banho, enfim, são muitos os itens que precisam estar em um guarda roupa. E para deixar tudo sempre à mão, é indispensável saber como organizar guarda roupa.

Com a rotina corrida, nem sempre é fácil deixar tudo em ordem, não é mesmo? A boa notícia é que ninguém precisa gastar horas por dia para deixar tudo no seu lugar. Aproveite o tempo para organizar a casa com essas dicas super bacanas que a Le Biscuit separou!

Por que organizar o guarda roupa?

Organizar o guarda roupa não é uma das tarefas mais legais, não é mesmo? Apesar disso, essa é uma missão bastante importante.

Afinal, a organização está diretamente ligada a funcionalidade. Se você tem uma rotina corrida, um guarda roupa em ordem ajuda muito. Pois, rapidamente, você consegue encontrar tudo o que precisa.

E aí não precisa mais se estressar tentando encontrar uma peça no meio da bagunça. E nem se atrasar porque não acha o que precisa.

Quem tem um quarto ou uma casa pequena, precisa ficar ligado nas dicas para organizar guarda roupa pequeno. 

Isso porque a organização dos itens ajuda a otimizar o espaço. Ou seja, seu quarto ficará em ordem e ainda parecerá mais amplo. Bacana né?

Então, deixe a preguiça de lado e comece a arrumação!

Como organizar guarda roupa? 15 dicas imperdíveis!

Agora que você já sabe a importância da organização, que tal algumas dicas de como organizar guarda roupa de um modo simples? Confira!

1- Tire tudo do guarda roupa

O primeiro passo para organizar é saber exatamente o que você tem. Por isso, retire tudo do guarda roupa e faça uma avaliação criteriosa.

Separe o que irá doar e o que irá manter. Avalie também o estado das suas peças. Por exemplo, pode ser necessário tirar a mancha de alguns itens, mandar para conserto ou até uma lavagem profissional.

As peças de roupas e acessórios quebrados, rasgados ou muito antigos devem ser jogados fora. Aqueles itens em bom estado, mas que você não usa ou que não cabem mais na sua rotina e estilo podem ser doados. E os que você usa com frequência, que estão em bom estado e têm bom caimento, podem ser mantidos.

E aquela blusinha que você não usa mais, mas tem um carinho especial? Cuidado com as peças afetivas. Elas podem ser mantidas, é claro, mas não precisa guardar todas as roupas do passado, né?

2- Separe o que irá doar

Agora que você já sabe o quanto de peça tem, é mais fácil pensar em como irá distribuí-las dentro do armário. A principal dica é criar categorias. Separe as blusas, as calças, as saias e assim por diante.

Dessa forma, fica mais simples visualizar o quanto tem de cada peça, entendendo a distribuição dentro do guarda roupa e quais peças tomam mais espaço.

3- Tenha as peças certas para organizar

Os materiais certos são essenciais para organização, especialmente para organizar um guarda roupa com pouco espaço.

Por exemplo, o cabide ideal para cada tipo de roupa. Existem cabides para calças, saias, blusas e vestidos. E você também pode contar com organizadores de gavetas, caixas organizadoras, sapateiras, entre outros.

Entenda quais peças você tem e pense em quais itens são necessários para organizá-los corretamente.

4- Defina um lugar para cada coisa

Depois de entender quantas peças você tem em cada categoria, é hora de pensar onde esses itens ficarão.

Tem um guarda roupa grande? Então pendure o máximo de roupas que puder. Assim, você evita que as peças fiquem amassadas. E, de quebra, torna mais fácil enxergar todos os itens.

Não tem como pendurar muitas roupas? Priorize. As blusas de malhas, peças de tricô, vestidos de bandagem e outras roupas mais pesadas precisam ser dobradas, porque se você pendurá-las, elas podem deformar.

Já as peças que dão mais trabalho para dobrar, devem ser penduradas. Por exemplo, calça jeans, macacões, blazers, vestidos etc.

5- Foque na funcionalidade

A praticidade deve ser sua meta quando estiver organizando o guarda roupa. Não adianta deixar tudo “bonitinho”, se você não consegue encontrar o que precisa ou demora horas para por e tirar as peças do guarda roupa.

Por isso, deixe à mão tudo o que você mais usa. Uniformes de trabalho, peças do dia a dia etc., precisam ficar na altura dos olhos. Aquelas que você usa menos, podem ficar mais pra cima.

6- Padronize os cabides

Além de funcional, um guarda roupa organizado também fica mais bonito. E, para isso, padronizar os cabides é muito importante.

Então, se você precisa comprar cabides novos, dê preferência para modelos de cor e estilo parecidos. Ainda que eles sejam destinados a diferentes peças de roupa, manter uma padronagem fará toda diferença.

7- Proteja as peças delicadas

Roupas de festa, blazer e outras peças com tecidos mais finos precisam de uma proteção especial. Assim, elas se manterão bonitas por mais tempo.

Caso o seu armário tenha altura suficiente, guarde os vestidos no espaço maior do guarda roupa. Assim eles não ficam com a barra dobrada.

Se, por outro lado, seu armário não tiver altura suficiente, a dica é dobrar ao meio as roupas de festa. Faça a dobra pela cintura e opte por um cabide que não deixe a peça escorregar. Os de veludo são ótimas ideias.

As roupas de festa devem ser guardadas na lateral do armário. Assim, você deixa todas as peças juntas e evita ter que movimentá-las para cá e para lá. O que ajuda na conservação desses itens delicados.

8- Separe as peças por estação

Quem não tem um armário muito espaçoso, principalmente na hora de pendurar as roupas, pode separar as peças por estação.

No verão, você deixa as peças de calor penduradas e guarda as de inverno nas partes altas do guarda roupa. Pode usar caixas organizadoras com etiquetas ou embalagens plásticas específicas para roupas.

Quando esfriar, é só trocar, descendo os casacos e roupas mais pesadas e guardando os itens mais leves. Como estará tudo identificado, ficará fácil fazer essa inversão.

Uma dica importante é sempre lavar as peças antes de guardar. Dessa forma, você evita manchas, mofos ou outros problemas.

Sabe aquela roupa que você usou rapidinho e nem sujou? Você pode deixá-la ventilando por 24 horas (no mínimo) e depois guardar de volta no armário. Esse é o “pulo do gato” para evitar mau cheiro.

9- Organize as gavetas

Na hora de organizar as gavetas, use a ordem de prioridade. Ou seja, deixe as primeiras gavetas para os itens que usa mais e as últimas para o que usa menos.

Então, comece organizando as roupas íntimas, depois os pijamas, roupas de ginástica e camisetas (se tiver espaço).

Para os itens pequenos, como as roupas íntimas, use as colmeias. O que não for dentro delas, deve ser organizado em forma de escadinha (não empilhado um em cima do outro), porque assim fica mais fácil de visualizar.

10- Atenção às dobraduras

Saber como dobrar as roupas faz toda diferença na organização do guarda roupa. Se você dobrar de qualquer jeito, além de amassar as peças, ainda ocupará mais espaço que o necessário.

Tecidos mais finos, como lenços, camisetas do dia a dia e outros podem ser dobrados como rolinhos. Eles otimizam o espaço e são muito mais fáceis de visualizar.

Tem dificuldade em dobrar as peças do mesmo jeito e tamanho? É possível usar dobradores ou moldes.

11- Abuse das prateleiras

Quando for escolher seu guarda roupa, opte por um modelo com bastante prateleiras. Elas são uma verdadeira mão na roda. Porque você poderá organizar uma série de itens, deixando tudo mais fácil de enxergar.

Você pode usar esses locais para organizar camisetas, peças de tricô, cama, mesa e banho e muito mais.

12- Uma parte do armário para cada um

Dividir o armário com o parceiro pode ser um desafio em termos de organização. Por isso, a dica é cada um ter uma parte específica dentro do guarda roupa.

Não tem como? Separe as gavetas de cima para um e as de baixo para outro, por exemplo. Calcinhas e cuecas em um mesmo lugar, não é uma boa ideia, porque serão duas pessoas mexendo na mesma gaveta, o que irá causar um verdadeiro caos.

Isso também vale para o quarto das crianças, como dois irmãos que dividem o mesmo guarda roupa.

13- Organize as bolsas

As bolsas costumam ocupar bastante espaço e precisam de um cuidado extra na hora de organizar.

Para que elas não percam o formato original, coloque um preenchimento dentro. Se quiser otimizar o espaço, use ideias criativas. Por exemplo, ganchinhos na parte de dentro das portas para pendurar as bolsas.

E não se esqueça de tirar tudo da bolsa antes de guardar. Uma caneta esquecida pode manchar o tecido interno.

Outra dica é tentar não deixar as bolsas grudadas umas nas outras, porque corre o risco de manchar. Se você prefere organizar essas bolsas em sacos, prefira os modelos de tecido com visor de plástico. Assim você consegue visualizar rapidamente cada bolsa.

14- Não se esqueça dos acessórios

Joias, bijuterias, cintos etc. também podem ser organizados no guarda roupa. A dica é optar por um espaço forrado com camurça. Como uma gaveta, um porta joias ou uma caixa organizadora.

O ideal é que o espaço escolhido tenha nichos suficientes para organizar todos os seus itens. Caso contrário, você acabará com um amontoado de correntes enroladas, brincos sem par e joias destruídas.

Separe os brincos, os colares, as gargantilhas, os anéis e assim por diante. Os relógios também podem ser guardados nas gavetas ou caixas forradas. A dica, contudo, é manter essas peças nas caixas almofadadas em que eles vêm embalados para manter a estrutura do relógio.

15- Lembre-se da roupa de cama

Roupas de cama e toalhas costumam também ser organizados dentro do guarda roupa. As prateleiras são as melhores opções para organizar esses itens.

Para não ficar perdendo tempo na hora de procurar as peças, guarde todos os itens do jogo juntos e dobrados. As fronhas e o lençol de baixo devem ser colocados dentro do lençol de cima, formando um pacote.

As toalhas de banho e de rosto podem ser guardadas em rolinhos, ocupando menos espaço.

E o quarto infantil?

Essas dicas valem tanto para o guarda roupa do casal, como das crianças e até do quartinho do bebê.

No caso do quarto das crianças, tome cuidado com a altura das prateleiras. Assegure que as roupas que seu filho usa mais estão na altura certa para ele.

Quando for organizar o guarda roupa das crianças, chame-as para ajudar na tarefa. Dessa forma, eles já começam a entender a importância da organização.

Dicas rápidas para manter seu guarda roupa sempre organizado

Organizar a casa não precisa ser uma tarefa complicada. Tão importante quanto deixar tudo no lugar, é manter essa organização.

Veja as dicas rápidas que separamos:

  • tente não acumular peças. Entenda o limite do seu armário e mantenha apenas o que você precisa;
  • agrupe as peças de roupas ou objetos por similaridade, para ficar mais fácil de encontrar o que procura;
  • defina os lugares para cada item de acordo com o uso;
  • aproveite todos os cantinhos do seu armário. Invista em ganchos, caixas organizadoras, nichos e outros itens;
  • crie uma rotina de organização. Tirou uma peça de lugar? Volte para o mesmo local;
  • guarde sempre as roupas dobradas da mesma forma;
  • entenda que tipo de organização funciona melhor para você, por cor, por estilo etc;
  • use a organização para todos os cômodos da sua casa, como home office, lavanderia e mais.

E os sapatos?

A sapateira é uma grande aliada na hora de organizar os sapatos. Os calçados devem ser guardados sempre limpos e a funcionalidade também é importante. Vale separar os calçados que você usa mais dos que usa com menos frequência.

Se não tem espaço dentro do guarda roupa, compre sapateiras separadas. Elas podem até ajudar a decorar o seu quarto.

Conclusão

Neste conteúdo, você viu dicas práticas de como organizar guarda roupa. É importante retirar tudo, separar o que vai guardar do que irá doar e pensar em uma organização prática e funcional.

Tente pendurar o máximo de peças possível e agrupe-as. Separe as gavetas de acordo com o uso e abuse de caixas organizadoras, colmeias, bags, sacos etc.

Viu só como organizar guarda roupa não precisa ser um bicho de sete cabeças? Aproveite e confira nossas dicas espertas para organizar os sapatos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *